Empresa, do sertão do estado, assessora aqueles que precisam acessar, de casa, os com****dores do trabalho. Mesmo quem não precisa ter esse apoio específico deve ter alguns cuidados na hora de trabalhar por essa modalidade.

Com a pandemia do novo Coronavírus,  algumas empresas passaram a aderir à modalidade home-office (trabalho em casa) como alternativa. A equipe do “Ideia Positiva” buscou informações com a Sociedade Brasileira de Teletrabalho e Teleatividades e, apesar da entidade não possuir dados oficiais sobre este crescimento, na atual conjuntura, registra a procura das empresas em caráter emergencial e orienta os empresários. Na Paraíba, tem empresa prestando serviço gratuito a quem deseja acessar, de casa, os com****dores do trabalho. Mas, mesmo quem não precisa ter esse acesso específico deve ter alguns cuidados na hora de trabalhar por essa modalidade.

“Estamos fornecendo serviços de VPN (Virtual Private Network) para home-office gratuito pelos próximos 30 dias a todos os clientes que necessitarem acessar, de casa, os servidores de com****dor dos seus respectivos locais de trabalho”, declarou Marcelo Martins, da AM3 Soluções.

Segundo ele, os funcionários de sua empresa também trabalharão de forma remota, a partir deste sábado (21).

“O suporte e a parte administrativa da AM3 Soluções trabalhará remotamente, isso significa que suporte, treinamento ou instalações serão realizadas exclusivamente pela internet ou telefone”, complementou. O objetivo é atender às recomendações dos órgãos de saúde para frear o avanço do coronavírus.

Marcelo salientou que é importante estabelecer normas, capacitar os trabalhadores para atuar nesta modalidade e manter uma constante comunicação com a equipe.

“Por mais que não seja possível aplicar o trabalho remoto em todas as áreas da empresa, sempre haverá algum departamento onde isto é possível, dependendo, claro, da realidade da empresa”.

Startup que atua home office aumenta número de clientes

Em São Paulo, Alfredo Salles, fundador da Trialead (uma startup de consultoria especializada na busca de leads por intermédio do marketing digital) cresceu em 300% na procura de clientes, na última semana. Na prática, a empresa, que sempre atuou home office, busca o consumidor-alvo e repassa o contato do mesmo para que o cliente finalize o processo de captação.

 

Com mais de 14 anos de experiência na área de consultoria, Salles indicou ao “Ideia Positiva” alguns pontos fundamentais para que as empresas obtenham resultados estratégicos com o trabalho home office, mesmo diante de uma pandemia.

  1. Foco

O home office não depende do local onde se trabalha, mas da mente da pessoa. É preciso ter foco no trabalho para alcançar resultados e dar conta da demanda de serviço.

  • Disciplina

A maioria das pessoas hoje contam com uma boa provedora de internet que já é o suficiente para realização do trabalho em casa. Entretanto, é precisa se atentar, evitar distrações, uso excessivo das redes sociais ou qualquer atividade que não seja relacionada ao trabalho durante o expediente.

  • Lista de tarefas

Para muitas pessoas, ficar em casa e focar pode ser algo complicado. Além do foco e da disciplina é preciso certa organização. Uma alternativa é realizar uma lista com as atividades que devem ser feitas. Isso ajuda na conclusão de tarefas diárias e no alcance de resultados.

  • Ambiente adequado

Escolher um bom local para se trabalhar é fundamental. É preciso ter cuidado e evitar ambientes com muitos ruídos ou propensos a distrações como na frente da televisão, com o rádio ligado ou até mesmo logado nas redes sociais. As pessoas precisam entender que estão em horário de trabalho.

  • Oxigenação de mindset

Ficar confinado em um único cômodo trabalhando por um longo período não é uma boa ideia. É fundamental que a cada meia hora a pessoa faça uma pausa, dê uma volta e depois retorne para trabalhar, isso faz bem para o profissional e auxilia na produtividade.  (Com informações da Passo Avanti Assessoria)

Por Richelle Bezerra, publicado originalmente em: http://ideiapositivaonline.com/

0 respostas

Deixe uma resposta


Sinta-se livre para colaborar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *